Aprenda o que não fazer com seu granito! Com esta dica da Mundial Granitos você vai aprender algumas coisas que podem Ajudar a Manter a beleza e qualidade do seu granito!

    Granito - como limpar

    1 – Após a colocação, proteger o piso enquanto durar a obra (com plástico, papelão, etc …). Não proteger com gesso os mármores em geral. A espessura do gesso varia com o volume de desgaste que pode sofrer enquanto durar a obra. Sugerimos no mínimo 1cm de espessura para áreas de poucas circulação.
    2 – Parar limpeza nos granitos basta um pano úmido. Não usar produtos oleosos, água sanitária, ácidos (muriático, etc.), detergentes corrosivos ou produtos químicos. No caso de mármore usar água e sabão neutro. Os granitos claros em contato com madeira, café, óleo, graxa, material ferruginoso (pregos, etc …). Podem apresentar manchas; portanto, sugerimos utilizar alguns impermeabilizantes antecipadamente, principalmente em balcões de cozinhas, laboratórios, etc. A cera para puxar o lustre do granito, tem efeito a curto prazo, com o tempo, após várias aplicações, ela preenche os poros obstruindo-os e absorvendo a sujeira do ambiente e conseqüentemente enegrecendo a rocha, que perderá o seu brilho natural. Informamos que os mármores a granitos estão sujeitos a penetração de fluidos, portanto removê-los o mais rápido possível para minimizar o aparecimento de manchas.
    3 – Evitar o tráfego de pessoas sobre superfícies molhadas, pois poderá causar acidentes.
    4 – No caso de áreas de escada, bordas de piscina, etc… O material deverá apresentar ranhuras ou superfície rústica para evitar escorregões.
    5 – Evitar circulação com sapatos e produtos sujos e equipamentos arrastados para evitar um desgaste prematuro do piso, que poderá perder brilho.

    Como transportar o Granito

    Aprenda como transportar de forma segura o seu Granito, seguindo as dicas abaixo.

    1 – Carregar o granito sempre em posição vertical, descarregando vagarosamente sobre papelão, régua de madeira mole (exceto em materiais claros) ou correia de borracha. O granito deve ser apoiado sempre na aresta e nunca no canto das peças.
    2 – Transporte em veículos: a pedra de granito deve ser mantida sempre na vertical e fixada na carroceria, no piso, ou com alguém segurando. Evite passar em buracos, freadas bruscas e solavancos, tendo em vista que se trata de material de peso concentrado. É importante também que a carga esteja bem balanceada no veículo.

    A impermeabilização de pisos é uma técnica para não deixar que a umidade do solo passe para o piso de granito. Abaixo segue algumas dicas sobre como impermeabilizar pisos.

    • Com os pisos já limpos e secos, deve-se aplicar três demãos de impermeabilizante;
    • A aplicação do impermeabilizante deve ser feita nas laterais, na parte polida e na parte rústica;
    • Os impermeabilizante indicados são os incolores, pois não alteram a cor dos pisos de granito. O produto não deve ser diluido;
    • O impermeabilizante não deve ser aplicado sobre os pisos após serem assentados e rejuntados, assim o rejunte atuará como escape da umidade do contra-piso;
    • Antes de assentar os pisos, devem ser aplicadas duas ou três demãos de VEDAX-Plus ou SIKJATOP-107 ou similar na superfície do contra-piso da obra em aproximadamente 15 cm de altura das paredes de cada cômodo da obra.


    Algumas manchas podem aparecer na superfície das peças de marmore e granito. Abaixo seguem algumas dicas para evita-las.

    • Como recurso para evitar ou nivelar as lajes ou contra-piso, utiliza-se o carvão mineral erradamente, este poderá contaminar a pedra.
    • Verificar se no contra-piso existente, há resquisios de materiais orgânicos como: ferro, pedra preta e se for feito sobre o piso anteriormente contaminado com os elementos acima ou barro da própria obra.
    • A qualidade de argamassa ou argacola é importante no resultado do assentamento.
    • A umidade gerada por alguns fatores externos (infiltração, jardineira a tubulação) ou drenagem dos terrenos, poderá ocasionar manchas cinzas ou amarelas.
    • Verificar a qualidade da água (água com ferrugem), tanto no assentamento, quanto na limpeza do piso.
    • Muito cuidado na primeira limpeza do piso, depois do assentamento, pois geralmente existem resíduos de obras como: cimento comum, madeira, lata ou prego enferrujado, que em contato com a água, mancharão o piso. Aconselhamos remover todas as sujeiras com pano seco, em seguida com cuidado, utiliza-se um pano limpo e úmido. Depois rejunta-se o piso, conforme orientação do engenheiro ou responsável, lavar com sabão neutro, nunca usar detergente ou água sanitária.
    • Verificar se o contra-piso está curado (sem unidade), antes do assentamento.

     




         Rua Furquim Werneck, 1415 Bairo Tupí BH - Tel: 99693-2374/98824-2840